sexta-feira, julho 10

Juventude maranhense vive intensa disputa interna pelo FEJMA e CEJOVEM

Ciro Rodrigues Secretário Geral do CEJOVEM (Foto ao lado)

Pra quem não acompanha o debate que rola em torno da juventude maranhense, fica absmado com a troca de acusações, farpas, reivindicações a cerca da mudança de postura/lado/vaca desconhecendo bezerro, fato este ocorrido, após a mudança no comando da Secretaria de Esporte e Juventude do Estado dirigida por Weverton Rocha. Os dois grupos disputam duas instâncias que inicou o seu processo de formatação ainda na gestão de José Reinaldo, a frente da juventude a época Felipe Klant. As instâncias em disputa pra vê quem tem e/ou terá maioria nos próximos encontros são: FEJMA/Fórum Estadual de Juventude do Maranhão e CEJOVEM/Conselho Estadual de Juventude do Maranhão.
Imperatriz temos dois representantes, um em cada organização, Evaldo/FEJMA e Ciro/CEJOVEM este sendo Secretário Geral, um homem forte hoje no debate estadual de juventude.
A parte que defende o atual gestor estadual de juventude Roberto Costa, suplente de deputado estadual, representaram junto ao MPE contra as lideranças ligadas a Weverton Rocha no início desta semana, alegando de que os mesmos, comandados por Raimundo Penha, ex-presidente da UMES de São Luis, barra o crescimento do FEJMA, impossibilitando a participação de diversas entidades, afim de beneficiar a si e seu grupo com a estrutura resumida existente. A grande crítica que o grupo de Roberto Costa, hoje oposição ao comando do FEJMA, é que dos 217 municípios nem a metade tem representação junto ao referido fórum.
Pois é galera! Vamos ver, acomanhar e também dar a nossa contribuição neste debate. Como já externei junto aos mesmos minha opinião por também contribuir no processo embrionário desde os primeros passos dado quando da realização do I Encontro Estadual de Juventude ocorrido na UFMA ainda em 2007. A juventude maranhense é muito maior que o debate que gira em torno dos dois grupos: Weverton Rocha e Roberto Costa. Faz-se necessário também que, os partidos outras instituições possam entrar nesta discussão, construir de fato a política pública de, com e pela juventude, e é claro com a bonita adversidade que o jovem trás no seu DNA.

2 comentários:

CIRO RODRIGUES disse...

obrigado companheiro tenha certeza que juventude do maranhão conta com vc

Por Magno Siqueira disse...

Caro Ciro,

Nunca deixarei de dar a minha contribuição a este segmento tão significativo e importante da sociedade, porém não valorizado pelos entes públicos das diversas esferas de poder.

Um abraço.